Se frequenta foruns, participa do Wikipédia ou outros wikis. Pode dizer que já existe um pensamento como esse em seu ser, mas não se assuste, pois ao contrário do que muito foi dito, Anarquia não tem nada haver com desordem. Até mesmo porque o conceito de ordem é tão abstrato quanto seu antônimo, pois depende muito do conceito estabelecido pela sociedade em questão.

Para rapida explicação, anarquismo é a idéia de uma sociedade viver em base a cooperação sem que uma parcela do povo esteja acima do outro. Se me for permitido essa simplicação, seria um pouco do pensamento do Socialista, mas sem o estado efetuando o controle. Tudo seria por conta da própria sociedade.

Anarquia

Difícil? Os softwares que utilizo hoje foram desenvolvidos utilizando essa idéia. Tal como o Gnu/Linux, Ubuntu e afins…

Claro, as vezes reflito sobre como seria uma sociedade puramente anarquista e algumas perguntas surgem. Como trataremos os preguiçosos? E a competição entre os homens, como tratar isso? E os egoístas?

Com a falta de um estado maior para controle, será necessário o interesse de todos por essa nação, pois não haveria representatividade. Nesse caso todos teriam, ou deveriam ter, ciência de tudo que se passa e efetuar suas ponderações sobre o que deveria ser feito. Claro que nesse caso estaríamos menos focados do que somos hoje. Com isso outras perguntas: Será mesmo que precisamos de tanto foco para algumas coisas? O anarquismo prega algo muito interessante, li no livro Histórias das Idéias e Movimentos Anarquistas, editora L&PM Pocket, Volume 1, Woodcock, George.

“Mas estaríamos perdendo a essência da atitude anarquista se ignorássemos o fato de que a ânsia de chegar a simplificação social não tem origem no desejo de que a sociedade funcione de forma mais eficiente, nem sequer no desenho de eliminar os órgãos autoritários responsáveis pela destruição da liberdade individual, mas, em grande parte, numa convicção moral sobre as virtudes de uma vida mais simples.”

Estaria a humanidade atual preparada para uma vida mais simples? Ou ainda estaríamos buscando a cura para os problemas que encontramos ao procurar novas curas?

Anúncios