You are currently browsing the category archive for the ‘Anarquia’ category.

Engenheiros do Hawaii

“Eu presto atenção no que eles dizem
mas eles não dizem nada

Toda forma de poder é uma forma de morrer por nada.
Toda forma de conduta se trasforma numa luta armada.

Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer tudo que eu vi
Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer tudo o que fiz

O fascismo é fascinante deixa a gente ignorante e fascinada
É tão fácil ir adiante e esquecer que a coisa toda tá errada
A história se repete mas a força deixa a história mal contada,

Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer tudo que eu vi
Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer tudo que eu vi

Chuva de conteiners e entreteiners no ar,
Chuva de conteiners e entreteiners no ar,
eu posso achar normal o que o som ecoa.

Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer tudo que eu vi
Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer tudo que eu vi

E falta pão, o pão nosso de cada dia,
e sobra pão, o pão que o diabo amassou
e falta pão, o pão nosso de cada dia,
e sobra pão, o pão que o diabo amassou.

Talvez você passe por aqui
E me faça esquecer tudo que eu vi
Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer tudo que eu vi.”

(Engenheiros do Hawaii – Toda forma de poder).

Sabe o que é anarquismo? leia de novo e reflita!

Anúncios

Por que mudar? Para que serve o governo? Para que serve suas leis?

pergunta

A humanidade tem arrepios só de imaginar em obter responsabilidade sobre seu destino, pois desde a época medieval estamos colocando em culpa nos outros, seja no demônio ou nós políticos.

Parece que todos precisam de tempo para suas futilidades e os assuntos importantes, podem, e devem, ser tratados por outros e as vezes isso nem nos interessa.

Uma sociedade onde todos decidem e evoluem de forma homogênea? Utopia? Sim, claro! Ainda temos medo de assumir nossas responsabilidades! Muitos de nós nem lembram quem foram seus representantes, mesmo que isso mudasse algo, mas ainda assim o atual sistema está falho, todos sabem disso e o que fazemos? Reclamamos com os amigos na mesa de bar sobre nossos políticos e/ou o presidente do EUA, pois no fim da noite iremos dormir e nosso dia começa como se nada tivéssemos conversado e talvez no outro dia voltemos a papear, mas claro que no fim apenas dormiríamos novamente e assim a vida continua.

Não fique chateado! Apenas pense. Mude, se quiser. Quem sou eu para falar o que deve fazer. O governo? Eu nem poderia não é? Tiraria sua liberdade de escolha. Grande piada!

Se frequenta foruns, participa do Wikipédia ou outros wikis. Pode dizer que já existe um pensamento como esse em seu ser, mas não se assuste, pois ao contrário do que muito foi dito, Anarquia não tem nada haver com desordem. Até mesmo porque o conceito de ordem é tão abstrato quanto seu antônimo, pois depende muito do conceito estabelecido pela sociedade em questão.

Para rapida explicação, anarquismo é a idéia de uma sociedade viver em base a cooperação sem que uma parcela do povo esteja acima do outro. Se me for permitido essa simplicação, seria um pouco do pensamento do Socialista, mas sem o estado efetuando o controle. Tudo seria por conta da própria sociedade.

Anarquia

Difícil? Os softwares que utilizo hoje foram desenvolvidos utilizando essa idéia. Tal como o Gnu/Linux, Ubuntu e afins…

Claro, as vezes reflito sobre como seria uma sociedade puramente anarquista e algumas perguntas surgem. Como trataremos os preguiçosos? E a competição entre os homens, como tratar isso? E os egoístas?

Com a falta de um estado maior para controle, será necessário o interesse de todos por essa nação, pois não haveria representatividade. Nesse caso todos teriam, ou deveriam ter, ciência de tudo que se passa e efetuar suas ponderações sobre o que deveria ser feito. Claro que nesse caso estaríamos menos focados do que somos hoje. Com isso outras perguntas: Será mesmo que precisamos de tanto foco para algumas coisas? O anarquismo prega algo muito interessante, li no livro Histórias das Idéias e Movimentos Anarquistas, editora L&PM Pocket, Volume 1, Woodcock, George.

“Mas estaríamos perdendo a essência da atitude anarquista se ignorássemos o fato de que a ânsia de chegar a simplificação social não tem origem no desejo de que a sociedade funcione de forma mais eficiente, nem sequer no desenho de eliminar os órgãos autoritários responsáveis pela destruição da liberdade individual, mas, em grande parte, numa convicção moral sobre as virtudes de uma vida mais simples.”

Estaria a humanidade atual preparada para uma vida mais simples? Ou ainda estaríamos buscando a cura para os problemas que encontramos ao procurar novas curas?